in

Auxilio Brasil bloqueado? Saiba como resolver

Como saber se o seu Auxilio Brasil foi bloqueado?

Para você sabe se o seu Auxilio Brasil foi bloqueado basta apenas acessar o app Caixa Tem ou o aplicativo do programa e consultar se o benefício está bloqueado. Você também pode saber sua situação presencialmente no setor do CadÚnico da sua cidade ou por telefone.

O Auxílio Brasil foi bloqueado, o que fazer?

A única forma de desbloquear o seu Auxílio Brasil, é fazer com que o representante familiar compareça a um posto de atendimento do CRAS.

Com isso é preciso levar documento de identificação com foto como o RG ou a CNH, o CPF e comprovante de residência.

Também é preciso levar a documentação de todos os outros membros da família, inclusive os menores de 18 anos.

Dito isso confira agora uma lista de documentos que precisam ser levados para atualização do cadastro Auxílio Brasil:

  • CPF ou Título de Eleitor do Representante Familiar;
  • Documento de Identificação de todos os membros da família (preferencialmente CPF);
  • Comprovante de matrícula de crianças e adolescentes (se houver).
  • Comprovante de residência;

Veja também:

Auxílio Maternidade do INSS confira novas regras para 2022

Saque emergencial FGTS 2022 – Calendário FGTS 2022


Por que o Auxílio Brasil bloqueia?

O motivo mais conhecido e comum para que as famílias tenham o Auxílio Brasil bloqueado é a falta de atualização dos dados cadastrais do CadÚnico.

E outra razão que também é comum e que faz o benefício ser bloqueado é quando a família deixa de cumprir com os pré-requisitos para permanecer no programa.

E agora confira um pouco mais sobre um dos motivos do bloqueio do Auxilio Brasil.

Cadúnico desatualizado

Como foi dito anteriormente, o principal motivo para ter o Auxílio Brasil bloqueado é a desatualização dos dados do Cadastro Único.

O CadÚnico é um dos principais requisitos para receber o Auxílio Brasil. As famílias precisam realizar o cadastro e manter os dados sempre atualizados.

Apesar disso, estar no CadÚnico não significa que a família irá entrar em todos os programas assistenciais do Governo.

Existem 2 tipos de situação cadastral. Uma é a “revisão cadastral”, onde é necessário uma revisão de dados de cadastro, cujo prazo para atualização das informações é até 14 de outubro.

A outra forma é a “Averiguação Cadastral”, quando os dados apresentados não estão de acordo com os que o governo tem em seu sistema.

Devido a isso, é feita uma averiguação nos dados e a atualização deste tipo de situação cadastral deve ocorrer até 12 de agosto.

O que acontece se a família não cumprir alguma das condições exigidas?

Quando uma família não cumpre com os requisitos que o governo exige para receber o Auxilio Brasil, ela sofre punições, de acordo com o histórico de descumprimento.

Veja abaixo as punições:

No primeiro registro de descumprimento dos requisitos, a família levará uma leve advertência com isso não ocorrerá prejuízo financeiro ao beneficiário;

No segundo registro, a advertência é maior e a família terá o benefício bloqueado por 1 mês;

A partir do terceiro registro de descumprimento, a família terá o benefício suspenso por 2 meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Novo valor auxílio Brasil 600 - presidente se pronuncia sobre aumento

Auxílio Brasil de R$ 600 já tem data para ser pago? Confira Aqui

Tarifa social de energia eletrica

Tarifa Social: Saiba se pode obter desconto na sua fatura de eletricidade 2022